Qual o tamanho ideal de um parágrafo?

08/05/2017

Photo credit: Foter.com
Photo credit: Foter.com

Para responder a essa pergunta é importante, em primeiro lugar, entender o que é um parágrafo. Porque muita gente que escreve, seja amador, seja profissional, tem uma relação intuitiva com essa unidade do texto. Cria parágrafos sem pensar na razão para que existam e, em geral, os encerra no susto. Basta que a mancha negra na tela em branco lhe passe a impressão de que a coisa está grande demais e pronto. Quer dizer, ponto. Parágrafo.

(Percebeu a metalinguagem? ;-)

Um parágrafo, em tese, é um conjunto de orações que comungam de uma mesma ideia. Ou partem de um mesmo ponto de vista para iluminar o tema de que trata o artigo. Deveria, portanto, fazer sentido sozinho. Sem prejuízo de oferecer uma meada de transição para o assunto da unidade que segue - e que quando é bem feita, prende o leitor até a última linha.

Respondendo à pergunta inicial, portanto, o tamanho ideal deve ser extamente o necessário para a explanação da ideia contida no parágrafo. Nem maior, nem menor.

E como saber se o parágrafo está bem estruturado? Faça uma análise rápida depois de escrevê-los para identificar o propósito de cada um deles. Acompanhe nas fotos abaixo um exemplo prático sobre este mesmo texto:

Como você pode perceber, os parágrafos dos exemplos acima têm tamanhos variados. Um deles, inclusive, é formado por uma única frase. E assim deve ser. Se você precisa de muitas frases para explicar uma ideia, seu parágrafo será longo. Se precisa de uma só palavra, será curto.

Mas afinal, qual o tamanho do parágrafo na fila do pão?

Ok, eu já entendi. Você quer uma resposta prática para quem escreve nas redes sociais.

Bem, se eu tivesse de responder assim de pronto, com a caneta apontada para a minha cabeça e sob a ameaça de perder a audiência, eu diria que é melhor escrever parágrafos curtos, desde que bem construídos. A chance de "fidelizar o cliente" até o último ponto do texto é maior.

Longe de mim, porém, condenar os parágrafos longos. No excelente livro O Evangelho Segundo Jesus Cristo, o primeiro parágrafo se estende por cinco páginas! E José Saramago (1922-2010), como vocês sabem, foi o único autor de Língua Portugesa a receber um Prêmio Nobel de Literatura.

Leia também: Pizza sabor Oxítona, de nossa colunista Shakira, a cadelinha de guarda da Língua Portuguesa